Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Pergunte à veterinária?’

Médica veterinária e proprietária da Clínica Veterinária Cantinho Animal, localizada na Vila Mariana (SP). "Antes de ser gente já sabia que seria médica de bicho". Ganhou sua primeira cachorrinha aos 3 anos de idade no Natal.

Toda semana a Dra. Gabi vai te ajudar a tirar dúvidas sobre tudo relacionado a seu cão. Para enviar sua questão basta clicar no bunner ao lado ou escrever para: cachorro_blog@hotmail.com. Vamos as perguntas da vez! (mais…)

Read Full Post »

Médica veterinária e proprietária da Clínica Veterinária Cantinho Animal, localizada na Vila Mariana (SP). "Antes de ser gente já sabia que seria médica de bicho". Ganhou sua primeira cachorrinha aos 3 anos de idade no Natal.

Toda semana a Dra. Gabi vai te ajudar a tirar dúvidas sobre tudo relacionado a seu cão. Para enviar sua questão basta clicar no bunner ao lado ou escrever para: cachorro_blog@hotmail.com. Vamos as perguntas da vez! (mais…)

Read Full Post »

Médica veterinária e proprietária da Clínica Veterinária Cantinho Animal, localizada na Vila Mariana (SP). "Antes de ser gente já sabia que seria médica de bicho". Ganhou sua primeira cachorrinha aos 3 anos de idade no Natal.

Toda semana a Dra. Gabi vai te ajudar a tirar dúvidas sobre tudo relacionado a seu cão. Para enviar sua questão basta clicar no bunner ao lado ou escrever para: cachorro_blog@hotmail.com. Vamos as perguntas da vez! (mais…)

Read Full Post »

Médica veterinária e proprietária da Clínica Veterinária Cantinho Animal, localizada na Vila Mariana (SP). "Antes de ser gente já sabia que seria médica de bicho". Ganhou sua primeira cachorrinha aos 3 anos de idade no Natal.

Toda semana a Dra. Gabi vai te ajudar a tirar dúvidas sobre tudo relacionado a seu cão. Para enviar sua questão basta clicar no bunner ao lado ou escrever para: cachorro_blog@hotmail.com. Vamos as perguntas da vez! (mais…)

Read Full Post »

Toda semana a Dra. Gabi vai te ajudar a tirar dúvidas sobre tudo relacionado a seu cão. Para enviar sua questão basta clicar no bunner ao lado ou escrever para: cachorro_blog@hotmail.com. Vamos as perguntas da vez!

Médica veterinária e proprietária da Clínica Veterinária Cantinho Animal, localizada na Vila Mariana (SP). "Antes de ser gente já sabia que seria médica de bicho". Ganhou sua primeira cachorrinha aos 3 anos de idade no Natal.

De Aline França rockinfo@gmail.com

  • Minha poodle tem 3 meses de vida e está na minha casa há um mês. Ela fica o dia inteiro sozinha infelizmente pois trabalhamos o dia todo,
    quando a gente chega em casa ela nos morde muito e não obedece e nem aprende a fazer as necessidades no local que queremos.
    Fora isso começara a aparecer essas manchas mais escura debaixo do olho. Gostaria de saber o motivo e se tem algo que eu possa fazer para amenizar.

Dra. Gabi: Ola Aline, que gracinha sua pequena! Parabéns! Por ela ficar o dia todo sozinha, é bem provável que nesse período ela fique dormindo, e quando vocês chegam a energia dela esta no pico máximo! Isso é normal em filhotes. O que vocês podem fazer é assim que ela puder passear na rua, é oferecer a alimentação assim que chegarem e em seguida fazer uma longa caminhada de uma hora para que ela gaste sua energia e faça suas necessidades.
Quanto as manchas embaixo dos olhinhos, isso ocorre devido a acidez da lagrima que acaba queimando o pêlo. Existem algumas rações no mercado que auxiliam os animais a não ter essas manchas e também alguns medicamentos que acabam com essa acidez. Procure seu Médico Veterinário e converse com ele, ele poderá te indicar essas rações e medicações.

De Everton Macahado dai_carina@hotmail.com

  • Olá Dr.Gabi, gostaria de saber como faço para que a mudança da minha cachorrinha beagle de 5 meses (de dentro de casa para fora de casa ) ser menos sofrida para ela..

Dra. Gabi: Ola Carina,
Você tem que colocá-la para fora iniciando por curtos períodos, e indo aumentando gradativamente. A principio ela pode até chorar, mas deixe ela chorar, pois eles são muito inteligentes; e a partir do momento que ela perceber que cada vez que ela chorar você vai la, ela vai abrir o berreiro…. rs Por isso seja forte!! Aguente os chorinhos… Comece com 20 minutos e vá aumentando 10 minutos a cada dia, e toda vez que ela ficar quietinha, se comportar, faça sempre muita festa quando for colocá-la tanto para dentro como para fora e casa. Por ela ser uma Beagle, o uso de petiscos também ajudam muito nessa “chantagem”. Boa sorte!!

xxxx segue grammlich

A dashshund Meegie do nosso leitor Nando Martins

De Nando Martins live@grammlich.com

  • Ola dra. Gabi.
    Sempre que posso leio o blog. Minha duvida é a seguinte. Minha cachorra meegie esta soltando muito pelo. Ela é uma dashshund de pelo longo. Não é normal essa queda de pelos dela, pois notamos que de uns dias pra ca, a casa vive com pelos pelo chão o que nunca foi comum. Minha esposa as vezes tem que trabalhar em São Paulo e ela fica fora uns 4 dias. Será isso? Mesmo se for, ela ja esta a um tempo soltando pelos e minha esposa nao fica fora também a alguns dias.

Dra. Gabi: Ola,
Obrigada por sempre me acompanhar no blog! Realmente essa raça não é de soltar pêlos.
Pode ser mesmo que seja psicológico o motivo dessa queda demasiada de pêlos. Mas também não podemos esquecer que existe a troca de pêlos que ocorre em TODOS animais, na entrada do verão, onde o animal perde o pelame mais grosso para adaptar-se as temperaturas mais altas; e na entrada do inverno, onde o animal troca a pelagem para que uma pelagem mais grossa o proteja nas baixas temperaturas.
Por ela ser fêmea, não podemos descartar alguma alteração hormonal. O melhor que você tem a fazer mesmo é contatar o Médico veterinário da Meggie para que ele possa avalia-la melhor.

Read Full Post »

Toda semana a Dra. Gabi vai te ajudar a tirar dúvidas sobre tudo relacionado a seu cão. Para enviar sua questão basta clicar no bunner ao lado ou escrever para: cachorro_blog@hotmail.com. Vamos as perguntas da vez!

Médica veterinária e proprietária da Clínica Veterinária Cantinho Animal, localizada na Vila Mariana (SP). "Antes de ser gente já sabia que seria médica de bicho". Ganhou sua primeira cachorrinha aos 3 anos de idade no Natal.

De lsobral @via twitter

  • Por que o meu cachorro não consegue se controlar e vai sempre atras de fezes (humanas ou de animal), mesmo sabendo que reprovo essa conduta?

Dra. Gabi: Existem alguns fatores onde os animais podem ter este tipo de comportamento de coprofagia (Comer fezes). Na grande maioria das vezes os animais fazem isso para chamar atenção dos donos… Principalmente por saberem que os donos reprovam esse tipo de comportamento, eles podem fazer isso justamente para chamar atenção… Também há animais que comem as fezes de outros animais devido a falta de nutrientes em sua alimentação; verminose, ou ainda, até mesmo devido a palatabilidade das fezes… É horrivel falar isso, (não que eu tenha experimentado, por favor, rsss) mas sim… as fezes podem ser bem palataveis, principalmente de gatos. sempre há um grande interesse dos cães nas fezes de gatos. O importante é saber qual o motivo que leva o seu animal a coprofagia.Nos dias de hoje, já existe medicações que não interferem em nada fisiologia do animal, onde a medicação faz com que as fezes do animal fique com gosto amargo; mas esta medicação só tem efeito em animais que comem as proprias fezes. Já em animais que se interessem nas fezes de outros animais, existem spays amargos que também fazem com que as fezes fiquem com gosto ruim, evitando assim esse comportamento super reprovado!

De mbertazi @via email

  • Por que os cães que conheço sofrem uma especie de frenesi quando chegam na areia da praia? Os meus viram croquete rapidinho.

Dra. Gabi: Os animais que amam praia e areia e tem esse “frenesi” de ficarem como um croquete por querer marcar seu território. Isso mesmo… não existe marcação de terreitório apenas com a urina, mas esse comportamento de se esfregar na areia, faz com que a areia fique com seu odor. Claro que toda regra tem sua excessão… Alguns animais podem procurar se esfregar na areia para “fazer uma esfoliação”, devido a alguma alteração dermatológica onde há prurido (coceira), eritema, ou ainda, animais que tentem se secar após terem entrado no mar. Por isso é importante sempre procurar o seu Médico Veterinário para ter uma melhor orientação do porque desse comportamento.

De thmiranda @via email

  • Cachorros de apartamento com vida mais sedentária correm risco de desenvolver problemas ósseos ou de coluna?

Dra. Gabi: Não. Animais de apartamento por serem sedentários não correm esse risco devido a falta de exercícios. Problemas osseos ou de coluna podem occorer devido a muitos fatores como obesidade, problemas congenitos, ou até mesmo devido ao piso aonde os animais vivem; e isso pode ocorrer não apenas em apartamento, mas também em animais que vivem em casas ou em grandes terrenos.

Existem alguns fatores onde os animais podem ter este tipo de comportamento de coprofagia (Comer fezes). Na grande maioria das vezes os animais fazem isso para chamar atenção dos donos… Principalmente por saberem que os donos reprovam esse tipo de comportamento, eles podem fazer isso justamente para chamar atenção… Também há animais que comem as fezes de outros animais devido a falta de nutrientes em sua alimentação; verminose, ou ainda, até mesmo devido a palatabilidade das fezes… É horrivel falar isso, (não que eu tenha experimentado, por favor, rsss) mas sim… as fezes podem ser bem palataveis, principalmente de gatos. sempre há um grande interesse dos cães nas fezes de gatos. O importante é saber qual o motivo que leva o seu animal a coprofagia.Nos dias de hoje, já existe medicações que não interferem em nada fisiologia do animal, onde a medicação faz com que as fezes do animal fique com gosto amargo; mas esta medicação só tem efeito em animais que comem as proprias fezes. Já em animais que se interessem nas fezes de outros animais, existem spays amargos que também fazem com que as fezes fiquem com gosto ruim, evitando assim esse comportamento super reprovado!

Read Full Post »

Nessa nova sessão a Dra. Gabi vai te ajudar a tirar dúvidas sobre tudo relacionado a seu cão. Escreva aqui, logo abaixo em comentários suas questões, ou se preferir envie foto ou vídeo de seu pet,  para: cachorro_blog@hotmail.com

Médica veterinária e proprietária da Clínica Veterinária Cantinho Animal, localizada na Vila Mariana (SP). "Antes de ser gente já sabia que seria médica de bicho". Ganhou sua primeira cachorrinha aos 3 anos de idade no Natal.

Médica veterinária e proprietária da Clínica Veterinária Cantinho Animal(www.cantinhoanimal.com). "Antes de ser gente, eu já sabia que seria médica de bicho". Ganhou sua primeira cachorrinha aos 3 anos de idade no Natal.


De Leonardo Conconconcon@estadao.com.br
Dra. Gabi, como cidadão, dono de bicho e jornalista, aprovei o seu site e disposição em usar esse meio cibernético para uma boa causa. Vou fazer duas perguntas, uma para o cão, outra para a gata. 
   Do cão: o poodle de minha filha sempre teve manchas marrons no pelo. Quando comia ração de carneiro não tinha, ou diminuía. Parece que tem alergia a ração comum. É mesmo isso?
   Do gato: minha gata é castrada, mas vive atrás dos gatos dos vizinhos…rs.. Ela não deveria ficar quietinha no canto dela, só dormindo e comendo, por estar castrada? Ou, está aproveitando a vida melhor do que nunca?rsrs… E, ainda da gata: ela come o dia todo, a gente fica com dó (quando ela olha pra gente com cara pidona quando o pratinho está vazio) e põe mais. Existe uma regra eficaz para dar ração pro bicho? Aliás, ela engordou bem…

Dra. Gabi: É muito comum cães da raça Poodle após alguma alopecia (perda de pêlos), que os pêlos novos, ao nascerem venham marrons ou champagne e conforme eles crescem acabam clareando. Quanto a sua descrição de quando ela comia ração de carneiro não tinha ou diminua essa coloração na pelagem é bem provável que a sua cachorrinha tenha alergia a proteína de carne bovina ou frango. O ideal seria a utilização de rações a base de carne de carneiro, ou hipoalergênicas. Existem exames onde se pode descobrir há o que o seu animal é alérgico, desde alergia alimentar ou até mesmo alergia a poeira ou a plantas. Converse a respeito desse exame com seu Médico Veterinário de confiança.
   Não é uma regra que todo animal quando é castrado vá ficar só no “come e dorme”. Cada indivíduo tem o seu próprio biotipo, já vi animais que castrados não engordam se quer um grama, e já outros animais que engordaram até 50% do seu peso. Não é porque o animal é castrado que ele não brinca mais e só dorme. Deixe sua gatinha aproveitando a vida melhor do que nunca rssss
   Quanto a ração é muito importante você seguir a quantidade que esta na embalagem  de acordo com o peso e idade dela; e dividir, se possível em porções a serem oferecidas durante o dia todo. Se toda vez que ela pedir você der, mesmo ela sendo uma gata ativa, existe uma grande probabilidade dela engordar mesmo. O importante quanto as rações, tanto para cães quanto para gatos, é que você sempre siga a quantidade que vem prescrita na embalagem de acordo com o peso ideal do seu animal e idade. Cada ração tem um balanceamento diferente, por isso não existe uma regra fixa de quanto oferecer ao dia. Para gatos o ideal é oferecer a porção dividida em três vezes ao dia e para cães duas vezes ao dia. 


De Érica – @ericabranquinha do twitter
Meu cachorro não para de lamber as patas, já levei ao veterinário, sarou uma pata, mas agora deu uma de lamber a outra tambem e esta tudo inflamado. O que posso fazer? 

Dra. Gabi: Ola Érica. Lambedura de patas é algo muito comum nos animais nesses tempos modernos. Na maioria das vezes isso ocorre por puro tédio, depressão ou falta do que fazer. Existem alguns sprays no mercado que deixam as patas com gosto ruim evitando com que o animal fique se mutilando, mas não adianta passar apenas uma vez ao dia, pois ele perde o seu sabor horrível e o animal volta a lamber-se. O ideal é que o spray seja aplicado pelo menos 3 vezes ao dia. Também existem os florais para animais que apresentam carência e depressão que ajudam bastante. Basta colocarmos algumas gotinhas na água do seu animal toda vez que trocá-la. Mas o que melhor funciona é aumentar a atividade e brincadeiras com o seu animal, incentivado-o a passear mais, brincar mais e se ocupar mais. Cachorro cansado é um cachorro feliz!

Read Full Post »

Older Posts »