Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Itália’

Pintura de São Francisco de Assis assinada por Portinari

Pintura de São Francisco de Assis assinada por Portinari

No dia 4 de outubro celebramos São Francisco de Assis, que nasceu na cidade de Assis, na Itália, em 1181 (ou 1182). Filho de um rico comerciante de tecidos, Francisco tirou todos os proveitos de sua condição social vivendo entre os amigos boêmios.

Tentou, como o pai, seguir a carreira de comerciante, mas a tentativa foi em vão.

Sonhou então, com as honras militares. Aos vinte anos alistou-se no exército de Gualtieri de Brienne que combatia pelo papa, mas em Spoleto teve um sonho revelador: Foi convidado a trabalhar para “o Patrão e não para o servo”.

Suas revelações não parariam por aí. Em Assis, o santo dedicou-se ao serviço de doentes e pobres. Um dia do outono de 1205, enquanto rezava na igrejinha de São Damião, ouviu a imagem de Cristo lhe dizer: “Francisco, restaura minha casa decadente”.

O chamado, ainda pouco claro para São Francisco, foi tomado no sentido literal e o santo vendeu as mercadorias da loja do pai para restaurar a igrejinha. Como resultado, o pai de São Francisco, indignado com o ocorrido, deserdou-o.

Com a renúncia definitiva aos bens materiais paternos, São Francisco deu início à sua vida religiosa, “unindo-se à Irmã Pobreza”.

A Ordem dos Frades Menores teve início com a autorização do papa Inocêncio III e Francisco e onze companheiros tornaram-se pregadores itinerantes, levando Cristo ao povo com simplicidade e humildade.

O trabalho foi tão bem realizado que, por toda Itália, os irmãos chamavam o povo à fé e à penitência. A sede da Ordem, localizada na capela de Porciúncula de Santa Maria dos Anjos, próxima a Assis, estava superlotada de candidatos ao sacerdócio. Para suprir a necessidade do espaço, foi aberto outro convento em Bolonha.

Um fato interessante entre os pregadores itinerantes foi que poucos, dentre eles, tomaram as ordens sacras. São Francisco de Assis, por exemplo, nunca foi sacerdote.

Em 1212, São Francisco fundou com sua fiel amiga Santa Clara, a Ordem das Damas Pobres ou Clarissas. Já em 1217, o movimento franciscano começou a se desenvolver como uma ordem religiosa. E como já havia ocorrido anteriormente, o número de membros era tão grande que foi necessária a criação de províncias que se encaminharam por toda a Itália e para fora dela, chegando inclusive à Inglaterra.

Sua devoção a Deus não se resumiria em sacrifícios, mas também em dores e chagas. Enquanto pregava no Monte Alverne, nos Apeninos, em 1224, apareceram-lhe no corpo as cinco chagas de Cristo, no fenômeno denominado “estigmatização”.

Os estigmas não só lhe apareceram no corpo, como foram sua grande fonte de fraqueza física e, dois anos após o fenômeno, São Francisco de Assis foi chamado ao Reino dos Céus.

Autor do Cântico do Irmão Sol, considerado um poeta e amante da natureza, São Francisco foi canonizado dois anos após sua morte.

Em 1939, o papa Pio XII tributou um reconhecimento oficial ao “mais italiano dos santos e mais santo dos italianos”, proclamando-o padroeiro da Itália.

Oração

A Oração da Paz,também denominada de Oração de São Francisco, é uma oração de origem anônima que costuma ser atribuída popularmente a São Francisco de Assis. Foi escrita no início do século XX, tendo aparecido inicialmente em 1912 num boletim espiritual em Paris, França.

Em 1916 foi impressa em Roma numa folha, em que num verso estava a oração e no outro verso da folha foi impressa uma estampa de São Francisco. Por esta associação e pelo fato de que o texto reflete muito bem o franciscanismo, esta oração começou a ser divulgada como se fosse de autoria do próprio santo. Abaixo a oração em português:

cao

Senhor: Fazei de mim um instrumento de vossa Paz!
Onde houver Ódio, que eu leve o Amor,
Onde houver Ofensa, que eu leve o Perdão.
Onde houver Discórdia, que eu leve a União.
Onde houver Dúvida, que eu leve a Fé.
Onde houver Erro, que eu leve a Verdade.
Onde houver Desespero, que eu leve a Esperança.
Onde houver Tristeza, que eu leve a Alegria.
Onde houver Trevas, que eu leve a Luz!

Ó Mestre,

fazei que eu procure mais:
consolar, que ser consolado;
compreender, que ser compreendido;
amar, que ser amado.
Pois é dando, que se recebe.
Perdoando, que se é perdoado e
é morrendo, que se vive para a vida eterna!

Amém

A Oração da Paz,também denominada de Oração de São Francisco, é uma oração de origem anônima que costuma ser atribuída popularmente a São Francisco de Assis. Foi escrita no início do século XX, tendo aparecido inicialmente em 1912 num boletim espiritual em Paris, França.

Em 1916 foi impressa em Roma numa folha, em que num verso estava a oração e no outro verso da folha foi impressa uma estampa de São Francisco. Por esta associação e pelo fato de que o texto reflete muito bem o franciscanismo, esta oração começou a ser divulgada como se fosse de autoria do próprio santo.

Anúncios

Read Full Post »

Notícia do G1

Cadela ‘Penny’ tem 25 anos de idade, segundo a dona Verena Wulf.
Na Itália, aparece cão com 23 anos. Outro concorrente tem 20 anos.

A cadela ‘Penny’ tem 25 anos de idade, segundo Verena Wulf, proprietária do animal. Ela vive na cidade alemã de Ronsberg. (Foto: AFP)

A cadela ‘Penny’ tem 25 anos de idade, segundo Verena Wulf, proprietária do animal. Ela vive na cidade alemã de Ronsberg. (Foto: AFP)

O casal italiano Celeste e Giuseppina Suardi, que mora em Milão, diz que seu cão de estimação ‘Dik’ tem 23 anos de idade. Segundo o jornal ‘Corriere della Sera’, o animal nasceu em 25 de abril de 1986 e o casal conta com um certificado assinado pelo veterinário Roberto Germani que comprova a idade. (Foto: Reprodução/Corriere)

O casal italiano Celeste e Giuseppina Suardi, que mora em Milão, diz que seu cão de estimação ‘Dik’ tem 23 anos de idade. Segundo o jornal ‘Corriere della Sera’, o animal nasceu em 25 de abril de 1986 e o casal conta com um certificado assinado pelo veterinário Roberto Germani que comprova a idade. (Foto: Reprodução/Corriere)

Outro concorrente é o cão 'Otto', que tem 20 anos e seis meses de idade, segundo reportagem do jornal inglês 'Daily Telegraph'. O proprietário Peter Jones, de 68 anos, disse que sua mulher tem um certificado que comprova a idade do animal. (Foto: Reprodução/Daily Telegraph)

Outro concorrente é o cão 'Otto', que tem 20 anos e seis meses de idade, segundo reportagem do jornal inglês 'Daily Telegraph'. O proprietário Peter Jones, de 68 anos, disse que sua mulher tem um certificado que comprova a idade do animal. (Foto: Reprodução/Daily Telegraph)

Após a morte de Chanel, de 21 anos de idade, que era considerado pelo Guinness, livro dos recordes, como o cão mais velho do mundo, três cachorros reivindicam o título vago. Os donos de dois dos cães alegam, inclusive, que seus animais são mais velhos que Chanel.

Enquanto as informações não são confirmadas, a vantagem é da cadela Penny, que, segundo sua dona, tem 25 anos. Outro candidato é Dik, que teria 23 anos. Na Inglaterra, os jornais noticiaram que Otto, com 20 anos e seis meses, poderia ser o novo recordista.

Saiba mais:
Cão mais velho do mundo segundo o Guinness morre aos 21 anos nos EUA

Read Full Post »

Cerca de 200 cães estão ajudando a patrulhar praias e lagos italianos neste verão. Eles atuam como salva-vidas.

Na Itália, as autoridades adotaram um exercício de salvamento incomum. Cães usados originariamente como auxiliares de trabalho no Canadá, estão colaborando, juntamente com os voluntários da Proteção Civil, no resgate de um grande número de pessoas.

Eles foram treinados na Escola Italiana de Salvamento por Cães, primeira e única escola deste tipo no mundo. A idéia surgiu em 1988, quando Ferrugio Pilenga de Bergamo decidiu ensinar o seu próprio cão a salvar pessoas em  dificuldades na água, através do salto de helicópteros no mar ou em lagos.

Os cães de Newfondland são muito bons na natação. Eles pulam  dentro de água, chegam em locais que os seus treinadores nao alcançam, que são perigosos e inacessíveis aos barcos. Os cães podem atingir o peso de 70 quilos.

Os cães já têm ajudado na patrulha das praias italianas, desde Veneza até à Sardenha e dão credibilidade pelo fato de terem salvo um grande número de vidas juntamente com os voluntários da Proteção Civil.

Read Full Post »