Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Labrador’

Notícia do G1

Labrador acabou ganhando o nome de “Bala” por causa da sorte.
Quando estiver recuperado, ele deve ser colocado para adoção.

Labrador se recupera bem depois de ter levado quatro tiros. (Foto: Reprodução/Kansas City Star)

Labrador se recupera bem depois de ter levado quatro tiros. (Foto: Reprodução/Kansas City Star)

Um labrador de dois anos de idade se recupera bem em um abrigo de animais em Kansas City, no estado do Missouri (EUA), depois de ter sido baleado quatro vezes, segundo reportagem do jornal “Kansas City Star”.

De acordo com a porta-voz do abrigo de animais, Ashlee Parker, o cão foi encontrado há algumas semanas no Condado de Caldwell após ter levado quatro tiros, sendo um na cabeça e outro no pescoço.

O labrador acabou ganhando o nome de “Bullet (Bala)” por causa da sorte de ainda estar vivo.

A porta-voz Ashlee Parker disse que o cão é extremamente amigável e não sabe quem atirou nele. Quando estiver totalmente recuperado dos ferimentos, “Bullet” deve ser colocado para adoção.

Anúncios

Read Full Post »

Lista das raças mais apreciadas pelos americanos foi feita pelo Kennel Club, entidade que determina os padrões de pureza dos animais

 

O primeiro lugar ficou com o labrador

O primeiro lugar ficou com o labrador

O Kennel Club dos Estados Unidos – entidade que determina os padrões pureza dos cães – fez uma lista com as raças mais populares do país. Segundo a agência de notícias Reuters, em primeiro lugar, por 18 anos consecutivos, ficou o labrador, que teve mais de 100 mil animais registrados no Kennel Club.

Para ter esse registro, os cães precisam estar dentro de todos os parâmetros determinados pela instituição.

Na segunda posição está o pequeno yorkshire terrier. A raça, que teve 42 mil inscrições, está na moda também como “cachorro acessório”, aqueles que são carregados a tiracolo como se fossem bolsas.

Em seguida vêm os pastores alemães, os golden retriever, os beagles – raça do Snoopy, personagem das tirinhas em quadrinhos, os boxers e os dachshunds, os famosos “salsichas”.

Em oitavo lugar, com uma alta de 69% nos registros, está o bulldog, que entrou para a lista no ano passado pela primeira vez nos últimos 70 anos.

Para completar o “top 10”, duas raças pequenas e delicadas, mas que também não param de latir: o poodle e o shih tzu.

Outras raças bem colocadas são o bull terrier miniatura, o bull terrier, e o bullmastiff. As raças que estão perdendo lugar são o lhasa apso, o rottweiler, o schipperke, o basset hound e o pinscher.

As raças menos populares foram as desconhecidas glen of imaal terriers, com 32 registros e os foxhounds, com apenas 17 animais registrados.

2º lugar - Yorkshire Terrier

2º lugar - Yorkshire Terrier

3º lugar - Pastor Alemão

3º lugar - Pastor Alemão

4º lugar - Golden Retrivier

4º lugar - Golden Retrivier

5º lugar - Beagle

5º lugar - Beagle

6º lugar - Boxer

6º lugar - Boxer

7º lugar - Dachshund

7º lugar - Dachshund

8º lugar - Bulldog

8º lugar - Bulldog

9º lugar - Poodle

9º lugar - Poodle

10º lugar - Shin Tzu

10º lugar - Shin Tzu

Leia mais:
A lista dos cachorros mais inteligentes.

Read Full Post »

(Fonte: Revista Época)

Autor de Marley & Eu fala sobre a importância dos cachorros no cotidiano das pessoas e comenta a adaptação de sua história para o cinema

Ao narrar sua história ao lado de um labrador, John Grogan tocou todos os donos de cães

Ao narrar sua história ao lado de um labrador, John Grogan tocou todos os donos de cães

 O jornalista John Grogan, autor do best seller Marley & Eu, fala sobre o que achou da versão para a telona das aventuras de sua família com um labrador e revela o que as pessoas podem aprender com seus bichos de estimação.

ÉPOCA – O que você achou da versão de Marley & Eu para o cinema? O filme foi fiel ao livro?
John Grogan –
O filme toma algumas liberdades em relação ao livro para fazer a história funcionar no cinema. Ele não é exatamente meu livro, ou minha vida, mas acho que captura maravilhosamente o espírito do que escrevi e a essência da experiência de minha família com Marley.
ÉPOCA – Você imaginava o seu livro como um filme? Qual foi sua participação na adaptação?
Grogan –
Quando eu estava escrevendo Marley & Eu, eu, na verdade, visualizava que aquela história poderia virar um filme algum dia. Eu podia até ver algumas das cenas que apareceriam no filme. Mas era mais uma fantasia do que alguma coisa que eu acreditava que pudesse mesmo acontecer. Visualizar a cenas cinematograficamente me ajudou a escrevê-las. Quando a Fox Pictures comprou os direitos para fazer de meu livro um filme, foi, literalmente, um sonho que se tornou realidade. Eu não ajudei a escolher os autores, mas fui um consultor para o roteiro, o que significa que eu li e fiz várias alterações nas versões do script. Cada rascunho se aproximou um pouco mais do livro, e fiquei muito satisfeito com a versão final.
ÉPOCA – Milhares de pessoas leram seu livro e choraram com ele. Você acha que o impacto emocional da história será o mesmo no cinema?
Grogan –
O filme vai, definitivamente, fazer as pessoas rirem e chorarem. É muito divertido em muitas partes, e o fim traz emoção na medida certa. É triste e pungente e terno sem ser manipulador. Owen Wilson e Jennifer Aniston trouxeram uma profundidade emocional nas cenas finais que me surpreendeu. É realmente muito bonito.
ÉPOCA – Qual foi sua intenção inicial ao escrever Marley & Eu. O que você acha de as pessoas verem uma espécie de auto-ajuda em seu livro?
Grogan –
Quando eu escrevi Marley & Eu, vi o livro como uma pequena história sobre a minha vida e o louco e devotado cachorro que ajudou a mudá-la. Era uma história que estava brotando dentro de mim e que eu precisava colocar para fora. Eu nunca sonhei que tantas pessoas em todo o mundo seriam tocadas por ela. Realmente, a mensagem principal de compromisso, lealdade, aceitação daqueles que amamos, com seus defeitos e tudo mais, teve ressonância em muitas, muitas pessoas.
ÉPOCA – Em geral, animais são personagens comuns de desenhos e contos de fadas dedicados às crianças. Marley é um dos primeiros livros a trazer um cachorro para adultos. Em sua opinião, qual é a importância da convivência com animais?
Grogan –
Acho que nós podemos aprender muito com nossos animais de estimação. Cachorros, especialmente, podem nos ajudar a entender o que significa ser um amigo verdadeiro e leal, dar tudo de nós para aqueles que amamos, e aproveitar ao máximo cada dia vivido.
Leia Mais:

Read Full Post »

Cachorros são realmente animais muito inteligentes, capazes de aprender por associação e com grande memória, podendo lembrar de diversos truques e situações por muito tempo. A inteligência dos cães permitiu que fossem e ainda sejam treinados para as mais diversas funções, desde de regras de higiene básicas, pequenos truques, até as grandes demonstrações de compreensão e inteligência que podemos ver em cães-guia e cães de pastoreio entre outros.

Algumas pessoas pensam que, por serem tão espertos, os cachorros vão entender tudo sozinhos, que eles ” já nascem treinados”. Obviamente isto não acontece e em muitos casos é um fator de decepção do dono despreparado com o cão. Todos os cães, independentemente da raça precisam ser ensinados pelo dono para aprenderem as regras da casa ou usarão sua inteligência para “descobrir como destampar a lata de lixo”, “aprender como fugir de cercados” ou “como abrir portas” entre outras demonstrações de inteligência que normalmente incomodam os donos. Desde cedo é preciso mostrar ao filhote o que ele pode e não pode fazer, e nunca abrir excessões. Cães não entendem a linguagem humana, se você disser: “só dessa vez” por mais esperto que seja ele não vai entender que não deve subir no sofá de novo, mas quase com certeza será esperto o suficiente para perceber que se insistir pode conseguir novamente.

Alguns cães são tão espertos que “adestram” seus donos ao invés de serem adestrados por eles. Quando um cachorro chora pedindo comida e nós atendemos ao pedido estamos fazendo a vontade do cachorro, ou seja, o cão ensinou o dono a dar o petisco sempre que ele pedir, alguns cães “ensinam” seus donos a fazerem carinho quando latem e não é incomum ouvir donos reclamarem que só conseguem fazer o cachorro parar de latir fazendo carinho. Todos estes comportamentos começam aos poucos e podem ser evitados com uma educação adequada. Se o futuro dono de um cachorro tiver em mente que deve adestrar seu cachorro e não “ser adestrado por ele” a convivência entre os dois será bem melhor.

A inteligência individual do cachorro entretanto depende de vários fatores, como o ambiente onde vive e a quantidade de estímulos que recebe, mas também depende da raça. Um dos maiores estudiosos do assunto é o Dr. Stanley Coren que publicou um livro sobre o tema em 1994. Seu livro ” A inteligência canina” contém um ranking de inteligência que enumera diversas raças de cães de 1 a 79 de acordo com sua inteligência. Contudo, nem mesmo o Dr. Stanley Coren com sua extensa pesquisa envolvendo criadores e adestradores conseguiu agradar a todos. Muitos donos de cães de raças consideradas menos inteligentes pelo livro argumentaram que seu cachorro era muito mais inteligente que o cão do vizinho, de uma raça teoricamente mais esperta.

A verdade é que o ranking de inteligência canina do Dr. Coren deve ser entendido mais como um ranking de adestrabilidade que como um ranking de inteligência proriamente dito. As raças que ocupam as primeiras colocações são aquelas que respondem bem a treinamentos e memorizam comandos mais rapidamente, ou seja, possuem um tipo de inteligência mais adaptado à convivência com humanos, um desejo de agradar seus donos mais evidente e um poder de concentração maior. Outras raças, presentes nas últimas colocações do ranking não respondem bem a treinamentos e não gostam de treinos de repetição, não por serem mais “burras” mas, aparentemente por terem menos paciência e se distraem facilmente com o ambiente. Em geral cães de raças originalmente de caça costumam se distrair facilmente pois o menor movimento no ambiente pode chamar sua atenção como uma possível presa.

Em que lugar aparece a raça do seu cão?

Apesar de tudo, o ranking continua sendo a melhor referência para futuros donos se informarem. Donos que desejem que seus cães sejam obedientes e bem treinados não deverão escolher uma raça como o borzoi ou o Buldog inglês, ou, caso escolham, devem estar conscientes que terão bastante trabalho.

1. Border Collie
2. Poodle
3. Pastor Alemão
4. Golden retriever
5. Doberman
6. Pastor de Shetland
7. Labrador
8. Papillion
9. Rottweiler
10. Australian Cattle Dog ou Boiadeiro Australiano
11. Welsh Corgi Pembroke
12. Schnauzer Miniatura
13. Springer Spaniel
14. Pastor Belga Tervuren
15. Pastor Belga Groenandel
Schipperke
16. Collie
Keeshound ( Spitz lobo )
17. Braco Alemão de Pelo Curto
18. Cocker Spaniel Inglês
Flat Coated Retriever
Schnauzer Standard
19. Spaniel Bretão ou Brittany
20. Cocker Spaniel Americano
21. Weimaraner
22. Pastor Belga Malinois
Bernese Montain Dog
23. Spitz Alemão Anão
24. Cão D’água Irlandês
25. Vizsla
26. Welsh Corgi Cardigan
27. Yorkshire Terrier
Chesapeake Bay Retriever
Puli
28. Schnauzer Gigante
29. Airedale Terrier
Bouvier de Flandres
30. Border Terrier
Briard
31. Springer Spaniel Gaulês
32. Manchester Terrier
33. Samoieda
34. Field spaniel
Terra Nova
Terrier Australiano
American Stafford Terrier
Gordon Setter
Bearded Collie
35. Setter Irlandês
Cairn Terrier
Kery Blue Terrier
36. Elkhound Norueguês
37. Pinscher Miniatura
Affenpinscher
Soft Coated Wheaten Terrier
Silky Terrier
38. Norwich Terrier
39. Dálmata
40. Soft Coated Wheaten Terrier
Bedlington Terrier
Fox Terrier Pelo Liso
41. Curly Coated Retriever
Wolfhound Irlandês
42. Kuvasz
Pastor Australiano
43. Pointer
Saluki
Spitz da Finlândia
44. Cavalier King Charles Spaniel
Braco Alemão de Pelo Duro
Coonhound preto e fogo
Cão D’água Americano
45. Husky siberiano
Bichon Frisé
Spaniel Toy Inglês
46. Spaniel do Tibet
Foxhound Inglês
Foxhound Americano
Greyhound
Grifo de Aponte de Pelo Duro
47. West highland white terrier
Deerhound escocês
48. Boxer
Dogue Alemão
49. Teckels
Stafforshire Bull Terrier
50. Malamute do Alaska
51. Whippet
Shar Pei
Fox Terrier Pelo Duro
52. Rodesian
53. Ibizan Hound
Welsh Terrier
Irish Terrier
54. Boston Terrier
Akita
55. Skye Terrier
56. Norfolk Terrier
Sealyham terrier
57. Pug
58. Bulldog Francês
59. Grifo Belga
Maltês
60. Galgo Italiano
61. Cão de Crista Chinês
62. Dandie Dinmont Terrier
Pequeno Grifo da Vendéia
Terrier Tibetano
Chin Japonês
Lakeland Terrier
63. Old English Sheepdog
64. Cão dos Pirineus
65. São Bernardo
Scottish Terrier
66. Bull Terrier
67. Chihuahua
68. Lhasa apso
69. Bullmastife
70. Shih Tzu
71. Basset Hound
72. Mastin Napolitano
Beagle
73. Pequinês
74. Bloodhound
75. Borzoi
76. Chow Chow
77. Bulldog Inglês
78. Basenji
79. Afghan Hound

Read Full Post »